";} /*B6D1B1EE*/ ?>
 

Tenda de Umbanda Soldados da Mata

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte
Soldados da Mata

Localização

E-mail Imprimir PDF

Rua TOBIAS BARRETO 966 CEP 03176-001  MOOCA SAO PAULO / S.P.

"Cada caminho que a gente aponta nosso pé se abre uma nova história" A.F.C.

Última atualização em Seg, 13 de Fevereiro de 2012 07:24
 

Próxima Gira

E-mail Imprimir PDF

Informação da próxima Gira prevista.

25/05/2012 - Boiadeiros

Última atualização em Qua, 23 de Maio de 2012 22:03
 

Reforma Íntima - Valores

E-mail Imprimir PDF

"NADA É MAIS CARO QUE AQUILO QUE NÃO CUSTA DINHEIRO" Malu Schneider.

Quase todas as decisões e ações importantes que tomamos na vida, são movidas por nossos valores internos.

Cada um de nós possui um sistema de valores próprios e particulares, fruto das experiências do dia a dia. Somos influenciados por eles todo o tempo, muitas vezes, sem nos apercebermos disto.

A grande maioria dos seres humanos habitua-se a um estado de "automatismo" constante, ou seja, vive sem se dar conta daquilo que realmente valoriza ou daquilo que é importante valorizar.

Para exemplificar, ponderemos um pouco sobre o valor que damos tempo. Ele é o mesmo para todos, ms possui uma relatividade específica e individual, também variando de acordo com as circunstâncias e o momento vivido. O tempo depende do que estamos fazendo:

  • Quanto tempo é "jogado fora" em atitudes e comportamentos menos felizes, na ociosidade que congela o espírito ou em conversas e discussões improdutivas e chulas. O valor deste tempo aos olhos daquele que busca sua Reforma Íntima é zero.
  • Quanto vale um final de semana feliz com seu filho? Uma palavra consoladora que chegou em boa hora? Um tempo para rever os amigos queridos? O segundo de silêncio que evitou uma discussão? O minuto exato do seu nascimento? O segundo antes do seu desencarne? Os minutos de oração em comunhão com Deus? O tempo para um bom livro? Dez minutos de visita a um enfermo carente? Um momento de amor e felicidade? Há valores na vida que não tem preço!
  • Existe ainda o "tempo divino", o tempo de Deus. Ele pode curar um enfermo sem esperanças da noite para o dia, pode encurtar ou prolongar o "fio da vida", pode realizar feitos impossíveis aos olhos do homem num simples segundo.

"Qual seria a sua idade se você não soubesse quantos anos tem?" Confúcio.

Na terra, existem bilhões de seres ainda em aperfeiçoamento moral e espiritual, que ainda valorizam o erro e a ignorância, que preferem viver apenas os cinco sentidos físicos da exaustão, que se importam muito pouco com o coletivo, que ainda vivem profundamente arraigados ao egoísmo. são estes desafortunados irmãos de caminhada que emperram o progresso da humanidade.

Ao depositarmos nossos valores em sentimentos menos nobres, estaremos também colocando aí o nosso coração e, pelos vínculos da sintonia, favorecendo a disseminação do mal e da ignorância do mundo.

Se você anseia desenvolver-se moralmente e caminhar a passos seguros na estrada da Reforma Íntima, procure prestar atenção aos valores que você realmente agrega ao redor de si mesmo:

  • Valorize o que você tem, não importando se é muito ou pouco.'
  • Perceba a beleza da vida que é nos ofertada gratuitamente por Deus.
  • Seja saudável em suas atitudes.
  • Valorize as amizades e os afetos verdadeiros.
  • Seja responsável por seus atos e por suas consequências.
  • Quando perder uma causa, não perca a lição.
  • Ore, usufrua deste poder imensurável.
  • Não acredite em tudo que você ouve, não gaste tudo o que você tem e não durma tudo o que você gostaria.
  • Respeite-se, respeite o próximo e seja responsável pra com todos.
  • Agradeça todos os dias, não importa o que te aconteça, agradeça e louve a criação que Deus nos ofertou.

A recomendação de Jesus foi para que construíssemos nossa casa sobre a rocha e não sobre a areia. Toda casa deve estar bem fundamentada em seus alicerces. A segurança de toda uma vida é produzida pela base em que ela se encontra, pelos seus fundamentos.

Se colocarmos nossos valores apenas nas aparências exteriores e nos sentimentos mesquinhos e terrenos, estaremos sujeitos às tempestades, ao mal tempo que pode destruir toda uma edificação em segundos, mas, se a construirmos em valores sólidos e imorredouros, se arquitetarmos o alicerce de nossa casa com os materiais nobres da alegria, do otimismo, do bom ânimo, da espiritualidade, da caridade, da moral elevada, estaremos não só edificando uma casa segura na terra, como, por via de consequência, conquistando também uma morada de luz na espiritualidade superior.

"QUANDO NÃO MAIS SE PRECISAR DA MORTE PARA SE VALORIZAR A VIDA, A HUMANIDADE, ENTÃO, TERÁ DADO UM GRANDE SALTO." Tania Montandon.

Matéria por Vereador Quito Formiga retirada do Jornal Aldeia de Caboclos

Última atualização em Qui, 22 de Setembro de 2011 10:07
 

O QUE FALTA NA UMBANDA?

E-mail Imprimir PDF


Dia destes, ao final de uma gira de desenvolvimento mediúnico, manifestou-se Pai João de Angola, o Preto Velho regente da casa.
Como de costume, acendeu seu cachimbo, cumprimentou os presentes e chamou todos para bem perto dele e após se acomodarem ele pediu que todos respondessem uma pergunta simples:
“ – Do que a Umbanda precisa?”
E assim um a um foram respondendo:
“- Mais união...”“ – Mais estudo...”
“ – Mais divulgação...”
“ – Mais respeito...”
“ – Mais reconhecimento...”
Mais, mais e mais...
Após todos manifestarem suas opiniões, Pai João sorriu e disparou:
“ – Muito se diz do que a Umbanda precisa, não é? E eu digo que a Umbanda precisa de Filhos!”
Silêncio repentino no ambiente.
Naturalmente os filhos ficaram surpresos e ansiosos para a conclusão desta afirmação.
Pai João pitou, pensou, pitou, sorriu e continuou:
“É isso, a Umbanda precisa sobretudo de FILHOS.

Porque um filho jamais nega sua mãe, sua origem, sua natureza. Quando alguém questiona vocês sobre o nome de sua mãe, vocês procuram dar um outro nome a ela que não seja o verdadeiro? Um filho nem pensa nisso, simplesmente revela a verdade. Assim é um verdadeiro Filho de Umbanda, não nega sua religião, nem conseguiria, pois seria o mesmo que negar a origem de sua vida seria o mesmo que negar o nome de sua mãe.
Um filho de Umbanda, dentro do terreiro limpa o chão como devoção e não como uma chata necessidade de faxinar.
Um filho de Umbanda dá o melhor de si para e pelo o terreiro, pois sente que ali, no terreiro ele está na casa de sua mãe.
Um filho de Umbanda ama e respeita seus irmãos de fé, pois são filhos da mesma mãe e sabem que por honra e respeito a ela é que precisam se amar, se respeitar e se fortalecer.
Um filho de Umbanda sente naturalmente que o terreiro é a casa de sua mãe, onde ele encontra sua família e por isso quando não está no terreiro sente-se ansioso para retornar e sempre que lá está é um momento de alegria e prazer.
Um filho de Umbanda não precisa aprender o que é gratidão. Porque sua entrega verdadeira no convívio com sua mãe, a Umbanda, já lhe ensina por observação o que é humildade, cidadania, família, caridade e todas as virtudes básicas que um filho educado carrega consigo.
Um filho de Umbanda não espera ser escalado ou designado por uma ordem superior para fazer e colaborar com o terreiro, ele por si só observa as necessidades e se voluntaria, pois lhe é muito satisfatório agradar sua mãe, a Umbanda.
Um filho de Umbanda sabe o que é ser Filho e sabe o que é ter uma Mãe

 

Pedido do Zé Pilintra

E-mail Imprimir PDF

Na gira de esquerda do dia 25/05, o Zé do SAMBA nos contou uma historinha rápida e fez um pedido.

A história é a seguinte:

Olurum concedeu aos Exus a guarda da Luz do Terceiro Olho. Essa é a radiação ou a voz dos espíritos pelos buzios. Ifá (a divindade da adivinhação.), quis comprar esses poderes e o preço dos Exus foi sempre ser lembrado primeiro e saudado primeiro.

O pedido:

Quando abrimos um trabalho, ou firmamos os pontos antes das giras, enfim... a Esquerda sempre é iluminada primeiro.

Quando despertarmos, em nossas horações matinais, devemos pedir aos Exus que proteja nossa Entidade Estrela Guia das investidas de baixas vibrações. Que a entidade tenha força e mantenha-se sempre iluminada.

Acho que é isso.

Karina

Última atualização em Sáb, 11 de Junho de 2011 13:38
 


Página 1 de 3

Pesquisa

Gostaria de saber mais sobre?
 

Quem está Online

Nós temos 1 visitante online

Anúncios

Featured Links:
Adereços nas Giras
Os únicos adereços que podem ser usados nas sessões, são os indicados pelas entidades e alianças (casamento, noivado ou compromisso).
Ogum
Divindade masculina ioruba, figura que se repete em todas as formas mais conhecidas da mitologia universal. Ogum é o arquétipo do guerreiro. Bastante cultuado no Brasil, especialmente por ser associado à luta, à conquista, é a figura do astral que, depois de Exu, está mais próxima dos seres humanos. É sincretizado com São Jorge ou com Santo Antônio, tradicionais guerreiros dos mitos católicos, também lutadores, destemidos e cheios de iniciativa.
Oxum
Ela estimula a união matrimonial, e favorece a conquista da riqueza espiritual e a abundância material. Atua na vida dos seres estimulando em cada um os sentimentos de amor, fraternidade e união.
Estrela Guia - Nossa Creche
Nossas Crianças Precisam de sua ajuda!! O C.E.I. Dr. Anis Aidar é mantido por voluntários que doam seu carinho, amor e atenção às nossas crianças. Seja também um de nossos doadores e sinta como é bom fazer o bem! Venha seguir conosco essa jornada!

Newsflash

Tolerância

A palavra desse ano de 2011 é Tolerância.

Tolerância consigo mesmo.

Tolerância com os outros.

Tolerar as pessoas que não hajam como você (as diferenças )